Infelizmente não se trata de mais uma corrente mentirosa ameaçando que o Whatsapp será pago ou que o boy vai ver seu histórico de arquivos recebidos caso você não encaminhe isso pra 15 pessoas, agora é sério.
O Whatsapp deve passar a denunciar quando uma conversa entre duas pessoas (ou grupo) for encaminhada a uma terceira. As informações, capazes de incitar o fim de todos os relacionamentos humanos da face da Terra, já repercutem em toda imprensa.


Assista também:


Embora a intenção da funcionalidade pareça ser causar a discórdia, o motivo é até nobre e até necessário.

Afim de tentar conter a propagação de fake news, com o novo recurso, será possível saber que aquela mensagem está sendo encaminhada, principalmente quando for em massa. Sabe aquela corrente que seu tio mandou no grupo da família indignado dizendo que “a travesti Pabllo Vittar foi longe demais, sequestrou um caminhão de gasolina pra tirar Lula da cadeia e ainda por cima, mancomunada com a Globo e o PT, vai estampar as cédulas de 50 reais a partir de agora”?

Então… Vai ficar fácil de entender que ele tá propagando SPAM e informação mentirosa agora.

No teste realizado por repórteres do UOL, é possível ver em uma imagem. Ao receber uma mensagem, o usuário conseguiria visualizar um selo dizendo “a mensagem foi compartilhada muitas vezes” como sinal de alerta.

A nova função ainda aparece somente para alguns usuários e está sendo testada antes de ser distribuída a todos caso dê tudo certo nos testes.

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).