Em um painel realizado durante a Campus Party na sexta-feira (2) a agência de influenciadores digitais IQ Agenciamento e a ETC Filmes lançaram o Canal Acessível, perfil no YouTube onde as empresas, em sociedade, vão publicar vídeos adaptados para atender tanto cegos, mudos e surdos em um mesmo vídeo.

São raros os casos em que o conteúdo audiovisual já é publicado seguindo princípios básicos de acessibilidade – o que é compreensível, levando em conta a lógica de produção em massa adotada por boa parte dos criadores de conteúdo. Muitos sobem um vídeo por dia. Nesse ritmo, seria inviável que cada youtuber adaptasse seus vídeos.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

O Canal Acessível surge para facilitar essa questão. Nele, canais e youtubers consagrados terão seus vídeos republicados em formato especial para quem tem visão e audição comprometidas. Cada vídeo contará com três recursos de acessibilidade: audiodescrição , legenda descritiva e Libras — a Língua Brasileira de Sinais.

VEJA TAMBÉM:  Pabllo Vittar, Gloria Groove e Ludmila estão entre os mais ouvidos da década no YouTube; veja o ranking

O projeto surgiu no final do ano passado por iniciativa da ETC Filmes, produtora e distribuidora que realiza a adaptação de filmes. Cássio Koide, diretor geral da empresa, queria convidar deficientes visuais e auditivos para construir um canal no YouTube. Em uma conversa com Koide, Fabio Utumi, cofundador e diretor executivo da IQ Agenciamento, sugeriu que a empresa chamasse produtores de conteúdo já conhecidos na plataforma para ganhar visibilidade e repercussão antes de incluir criadores de conteúdo deficientes.

“Queremos receber o máximo de atenção para que mais pessoas tenham acesso a esse conteúdo que é muito raro. Nem o YouTube está pronto para isso. Assim, nós vamos poder ajudar outros canais menores, como os dos deficientes, a ganhar alcance maior e incentivar colaboração entre os produtores de conteúdo no canal”, diz Utumi. Até então, o YouTube permite Closed Capitions nos vídeos. A IQ Agenciamento ficou responsável por convidar os youtubers e cuidar do conteúdo e a ETC Filmes por adaptar os vídeos.

VEJA TAMBÉM:  Vídeo: 10 Famosos que tem o pênis pequeno (e tudo bem!)

Os canais já confirmados até o momento são: Põe Na Roda, Não Salvo, Cauê Moura, Castro Brothers, Bruna Vieira (Depois dos Quinze), Aruan Felix, Marimoon, Ana Maria Brogui, e Bibi Tatto.

“Eu estou muito feliz de ter o Põe Na Roda participando um projeto como esse. Essa é uma iniciativa incrível e vai permitir que pessoas com deficiência auditiva ou visual também possam ter acesso aos nossos vídeos e aos conteúdos de outros canais do Youtube”, comentou Pedro HMC, criador do Põe Na Roda.

A página estreia com um teaser e dois vídeos e será alimentado uma vez por semana. Confira:


Veja também:

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).