Foi revelado que, após o estrondoso sucesso do longa metragem Bohemian Rhapsody, que conta a biografia do vocalista do Queen, Freddie Mercury, produtores do filme estão interessados em uma continuação do longa para os cinemas.

Bohemian Rhapsody faturou mais de 900 milhões de dólares, tendo custado 54 milhões. Fora isso, ganhou diversos prêmios como Academy awards, BAFTA, Globo de Ouro, e claro, o Oscar.

O desafio para uma continuação entretanto é que o primeiro filme termina justamente quando Freddie descobre ser portador de HIV. Os poucos anos seguintes de vida do vocalista foram o que lhe restou de vida em um tempo onde HIV não tinha tratamento e rapidamente se desenvolvia até o estágio da AIDS, quando seu sistema imunológico é vencido pelo vírus e você acaba falecendo em função de qualquer doença ou infecção oportunista sem o corpo ter como se defender.

“Tenho certeza que Jim Beach – empresário do Queen – já planeja uma continuação que começa justamente quando termina o Live Aid”, disse o produtor Rudi Dolezal, que trabalhou com a banda por muitos anos.

Na realidade, teriam aí mais seis anos pra se contar a história de Freddie desde o diagnóstico do HIV até a morte trágica em decorrência da AIDS. Se a ideia da continuação será levada a frente ou terá o mesmo êxito do primeiro filme, resta esperarmos pra ver. Você acharia legal? Comenta aqui embaixo.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:


Vale lembrar que o longa Bohemian Rhapsody foi um sucesso mesmo enfrentando censura e homofobia pelo mundo. Na Malásia, 24 minutos do filme foram cortados, simplesmente omitindo do público que Freddie se relacionava com homens. A cena em que a banda se montou de drag para o clipe de I Want To Break Free também foi vetada.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).