O Tumblr anunciou que a partir do dia 17 de Dezembro vai banir todo conteúdo pornográfico, que incluem milhões de fotos e vídeos e maior parte do conteúdo de suas redes sociais.

A nova política afeta a vida de milhões de usuários que acessam a plataforma, que até então era vista como um lugar seguro para este tipo de material ser compartilhado e acessado.

Ainda assim, as novas diretrizes da companhia alertam que, conteúdos artísticos, eróticos (sem genitais ou algo explícito), ou ainda conteúdos médicos (ex: resultado de cirurgia de mastectomia, plástica, etc), ainda serão permitidos, garantiu o CEO Jeff D’Onofrio da companhia.

O curioso é que o Tumblr era muito usado até hoje praticamente só para este tipo de compartilhamento de conteúdo. De piadas a questionamentos sérios, a decisão da empresa não passou batida por internautas.

Um internauta tuitou: “Tumblr era literalmente o único lugar onde era fácil achar conteúdo adulto LGBT criado por LGBTs. É muito difícil encontrar isso sem ser ofensivo ou perigoso, ou algum fetiche específico quando se trata de questões específicas pra gays ou pessoas trans”.

Outra @ da plataforma afirmou: “Obrigado tumblr por me introduzir a cultura gay e por ter me mostrado meu primeiro pornô. Sentirei falta!”. Já outro simplesmente lamentou: “Mas o Tumblr tem o melhor do pornô gay!”.

No Brasil, muitos internautas e influenciadores também se manifestaram sobre a decisão do Tumblr:


Assista também:


Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).