A Netflix compartilhou as primeiras fotos de seu próximo musical dramático, The Prom. Baseado na peça da Broadway aclamada pela crítica com o mesmo nome, o filme segue quatro atores em sua viagem para a conservadora cidade de Edgewater, Indiana, para ajudar uma estudante lésbica (Jo Ellen Pellman), que foi proibida de trazer sua namorada para a formatura.

Os quatro atores serão interpretados por Meryl Streep como a vencedora do Tony Award Dee Dee Allen, Nicole Kidman como a veterana do teatro Angie Dickinson, Andrew Rannells como o infeliz ator Trent Oliver e James Corden como Barry Glickman, parceiro de Dee Dee.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

The Prom

O elenco repleto de estrelas também inclui Ariana DeBose, Keegan-Michael Key, Kerry Washington, Kevin Chamberlin, Sofia Deler, Logan Riley Hassel, Mary Kay Place, Nathaniel J. Potvin, Nico Greetham e Tracey Ullman.

“Você precisa se divertir. Isso é baseado em algo real que aconteceu com crianças em Indiana, e tem um final feliz, tudo o que sonhamos em 2020”, disse Streep ao The Hollywood Reporter. “Eu queria fazê-lo. Então, o personagem é um grande idiota.

VEJA TAMBÉM:  Nasce Uma Rainha: detalhes do reality de drags da Netflix com Gloria Groove e Alexia Twister

The Prom

Ryan Murphy falou sobre The Prom

O diretor Ryan Murphy acrescentou: “Achei muito curativo poder colocar essas imagens em filme. Eu não tinha isso. Se ao menos eu tivesse esse sentimento de aceitação e pertencimento, como minha vida teria sido diferente”, disse o criador de The Prom.

“Fui ao meu baile de formatura e no dia seguinte meus pais me levaram a um psiquiatra para me curar. Felizmente, tive um psiquiatra muito bom, que no final de nossas várias sessões chamou meus pais e disse: “Você tem uma escolha aqui: você pode tentar mudá-lo e perdê-lo, ou pode aceitá-lo e amá-lo”.

The Prom

“Fui muito abençoado. Quando fui ao meu baile de formatura, já tinha passado por isso, mas ainda assim arrumei uma namorada porque não tinha permissão para entrar com meu colega. O baile é muito emocionante para mim, como você pode ver”.

VEJA TAMBÉM:  Evangélicos fazem petição para Netflix tirar série do ar, mas episódios nem estão na plataforma

The Prom

Pellman disse que o filme mostrará às crianças LGBTQ+ em todo o mundo que “elas são dignas de um grande e feliz final feliz”, acrescentando: “Existem pessoas lá fora, que você talvez nem conheça ainda, que mal podem esperar para amá-lo e apoiar você. ”