A atriz Thalita Carauta afirmou, durante entrevista à revista Marie Claire, que nunca escondeu sua sexualidade e que seus amigos sempre souberam que ela é lésbica.

“Eu já falava sobre isso muito antes do ano passado. Eu sempre comentava sobre este tema, principalmente no Instagram. (…) A diferença é que em 2018 eu fiz uma novela das 9 [Segundo Sol, da TV Globo] e quando você não está na mídia e não dá notícia, para que vão falar que eu sou lésbica?”, disse a atriz.

Em 2018, após publicar uma foto ao lado da bandeira LGBTQ+ no Instagram, a maioria de seus seguidores pensaram que ela estaria se assumindo naquele momento.

“A partir do momento que estou na novela e fiz um comentário como tantos outros que eu já tinha feito, isso virou um anúncio como se eu estivesse me assumindo naquele momento. Em nenhum momento eu me declarei intencionalmente isso. Meus amigos sempre souberam”, ressaltou Carauta.

Ela contou que as pessoas acharam que ela havia se assumido no ano passado porque não costumava falar sobre sua vida pessoal.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

“Acho que quiseram que este momento fosse um marco, mas não teve isso. Eu nunca havia dado nenhuma entrevista para falar sobre este assunto, os jornais falaram muito mais sobre isso do que eu mesma porque nunca me pronunciei”, explicou.

Ainda na entrevista, Thalita afirmou que, devido a sua visibilidade, ela pode ajudar a abrir a mente da sociedade em relação as questões LGBTQ+.

“Se pensarmos que este assunto parte de uma pessoa que tem uma visibilidade e um apelo com o público maiores, pode servir para abrir a cabeça das pessoas ou para que enxerguem as pessoas com suas próprias vontades. Pode ser um ponto positivo, está valendo. Está tudo lindo”, falou ela.

Carauta foi casada com a diretora e escritora Aline Guimarães durante oito anos. Elas têm um filho adotivo de seis anos e estão separadas há três anos.