Pela primeira vez, o Youtube pediu desculpas, reconhecendo que decepcionou muitos de seus criadores da comunidade LGBT.

No dia 30 de junho, último dia do Mês do Orgulho LGBT, e empresa fez a seguinte declaração em sua conta oficial do Twitter em uma série de 4 tweets (pra ver os originais basta clicar no primeiro post abaixo e ver a sequência):

“Este é o último dia do Mês do Orgulho LGBT e queremos entrar em contato com a comunidade.

Estamos orgulhosos das incríveis vozes LGBTQ em nossa plataforma e do importante papel que vocês desempenham na vida dos jovens.


Assista também:


Sabemos que desapontamos muitos dentre a comunidade LGBT por políticas de monetização relativos a conteúdos supostamente inadequados. Sentimos muito e queremos melhorar.

É fundamental para nós que a comunidade LGBT se sinta segura, bem-vinda e igualmente apoiada no Youtube. Seu trabalho é poderoso e estamos comprometidos em trabalharmos juntos para acertar tudo isso.”

Desde o ano passado, uma série de mudanças nas políticas e filtros do Youtube (na tentativa de atender a expectativa de anunciantes) prejudicaram muitos criadores LGBTs, retirando a monetização e anúncios de muitos vídeos por conteúdos considerados automaticamente “potencialmente ofensivos a anunciantes” pela plataforma.

Muitos conteúdos LGBTs eram automaticamente bloqueados e boicotados pelo Youtube, e com isso, muitos criadores se sentiram justamente indignados e decepcionados com a rede, que até a criação dos filtros, era sinônimo de um lugar de total liberdade de conteúdo e criativa, algo que como LGBTs a gente não experimentava em qualquer outra mídia.

Depois de muitas críticas a situação, ainda que o problema não tenha se resolvido 100%, é verdade que vem melhorando. Aqui no Põe Na Roda, já nem todo vídeo tem ido automaticamente para a lista de “potencialmente inadequados” sofrendo boicote da plataforma.

As reações de internautas se dividiram entre os que acreditaram nas palavras da plataforma e os que questionaram a falta de atitudes ou clareza nas ações que serão tomadas para evitar que aconteça este tipo de problema novamente com tanta gente.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).