Levou mais de 2 anos de negociações e conciliação de agendas conseguir reunir 4 das Spice Girls para a prometida turnê por Estádios do Reino Unido que acontece em junho deste ano.

Após venderem mais de 700 mil ingressos entre 13 datas entre Inglaterra, Escócia e Irlanda, executivos ofereceram ao grupo uma oferta de 80 milhões de libras (mais de 350 milhões de reais) para que o quarteto topasse estender os shows para o outro lado do oceano, em uma nova série de shows pelos Estados Unidos.

Falando nisso, clique aqui caso queira ir do Brasil para o Reino Unido assistir aos shows com pacotes da VIaje Entre Iguais.

Segundo informações do The Sun, um executivo da indústria da música envolvido nas negociações disse: “Os promotores dos shows ofereceram uma extensão dos shows pela América do Norte pra 2019, mas elas tem medo de que isso acabe tomando muito  da agenda das quatro”.

E continuou: “Os shows pelo Reino Unido serão incríveis e muito especiais. Entretanto, as garotas estão cautelosas desta vez pelas experiências passadas de muito tempo na estrada já ter gerado conflitos.”

Vale lembrar que foi no meio da primeira turnê das Spice Girls, em 1998, que Geri deixou o grupo. Já em 2007 e 2008, a turnê de mais de 40 shows por Europa e Estados Unidos, que prometia vir para América do Sul, África do Sul e Austrália, foi abruptamente cancelada com a desculpa de que algumas das garotas tinham compromissos familiares e a turnê já havia se estendido de um mês com 11 shows para três meses e mais de 40 apresentações.


Assista também:


“Todas elas tem carreiras paralelas e famílias próprias, filhos que consideram. Não são as mesmas mulheres solteiras que podiam largar tudo e viver pra isso”, disse o entrevistado pelo The Sun.

Além dos compromissos pessoais, é esperado para 2019, além da turnê do grupo, um álbum solo de Emma, um álbum solo de Melanie C, além de uma nova temporada do America’s Got Talent que tem Mel B como jurada.

Entretanto, as chances da turnê mesmo assim ter algumas apresentações em outros países ainda não foi descartada. 

“Claro que uma turnê muito maior também traria muitos milhões a mais, mas elas estão tomando um passo de cada vez agora. Talvez elas considerem a possibilidade de fazer mais algumas apresentações em Julho e Agosto nas férias escolares dos filhos de todas, que é quando elas podem trazê-los junto sem prejuízo”, disse a fonte à reportagem.

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).