De acordo com a Variety, uma nova série-documentário sobre a vida do gênio Leonardo Da Vinci está sendo produzida pelo canal italiano RAI, exibido em vários países do mundo. O criador da obra é o roteirista de Sherlock, Steve Thompon.

Chamada simplesmente de “Leonardo”, a obra deve contar a vida do artista e criador, se baseando na biografia publicada ano passada pelo historiador Walter Isaacson.

Um dos detalhes muitas vezes omitido pela história e que deve ser abordado sem tabús é a homossexualidade de Da Vinci: “Ele era muito ousado para os costumes daquela época. Uma criança que não compreendiam, gay, vegetariano e canhoto”, afirmou a diretora do canal RAI, Eleonora Andretta.

A estreia deve acontecer em 2019 marcando o aniversário de 500 anos da morte de Da Vinci. Cada episódio deve ter como base uma de suas obras primas, revelando detalhes de sua história e vida pessoal.

Em vida, Da Vinci foi duas vezes acusado do “crime” de ter relações homossexuais. O autor da biografia “Leonardo Da Vinci: A Biografia”, Isaacson, reitera que não há motivo pra acreditar na história comumente contada de que o gênio não era casado pois vivia em celibato.

“Pelo contrário. Em suas anotações e evidências há provas suficientes de que ele não tinha qualquer vergonha de seus desejos por homens. Em desenhos, anotações e rascunhos, ele mostra seu fascínio pelo corpo masculino”, declarou o biógrafo.

Assista também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).