Depois de chegar ao topo da Billboard 200 com seu novo álbum “The Thrill of it All”, Sam Smith tem estado mais aberto e sincero sobre sua vida sexual e até admitindo o que gosta entre quatro paredes. O cantor britânico disse “eu gosto de ter meu tempo. Eu gosto de amar fazer…” em entrevista ao programa “The Kyle and Jackie Show”, apresentado por Kyle Sandilands e Jackie ‘O’ Henderson, ao fazer algumas revelações íntimas.

+ 70% dos gays diz “não curtir afeminados”, revela pesquisa
+ Conheça Andrea Jenkins, a 1ª mulher trans e negra a ser eleita nos EUA

Já em conversa com o BuzzFeed, ele falou que um de seus três desejos era “ser capaz de se dar orgasmos sempre que quiser. Como, para poder estalar os dedos e sentir um orgasmo, sem qualquer trabalho”.

Smith, que assumiu recentemente o namoro com o ator Brandon Flynn da série “13 Reasons Why”, já vem dizendo não sabe em qual gênero se enquadra, já que se sente “tanto como mulher como homem“. Em outubro de 2017, ele postou uma foto no Instagram usando um par de salto alto vermelho e brilhante e, em entrevista ao “The Sunday Times”, explicou seus sentimentos sobre sua condição.

“Houve um momento em minha vida quando eu não tinha uma peça de roupa masculina, de verdade. Eu usava maquiagem todos os dias na escola, cílios postiços, calças legging com botas e enormes casacos de pelo”, contou.

Veja também:

Assista também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).