O cantor britânico Sam Smith, que contou publicamente que é gay em 2014, postou ontem (12), uma foto sem camisa como símbolo de aceitação do seu corpo em seu Instagram.

Desde que ficou famoso o cantor tem lutado com sua aparência, já tendo chegado a perder 20 quilos em uma das dietas. Na publicação, ele assume que vive em uma guerra eterna contra o espelho.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

No passado, se eu tivesse que fotografar só de camiseta, eu passava fome por semanas para poder fazer as fotos, depois criticava todas elas e descartava todas. Ontem eu decidi parar com isso e lutar contra essa po**a toda. Decidi aceitar esse peitoral, o quadril e as curvas que meu pai e minha mãe me deram e amam incondicionalmente”, disse o cantor.

O britânico também contou na legenda da foto que precisou de muita coragem para aceitar o próprio corpo, que o traumatizou quando criança.

VEJA TAMBÉM:  Coronavírus: Indústria do pornô pode ter a resposta para o fim da quarentena, diz cientista; entenda

“Alguns podem achar que isso é um tanto narcisista e que estou me exibindo, mas se vocês soubessem quanta coragem foi necessária para fazer isso, e o trauma do corpo que experimentei quando criança, vocês não pensariam desta forma”, continuou.

Para completar o desabafo, Sam agradeceu o fotógrafo Ryan Pfluger e disse que se sentiu seguro em fazer o clique com o profissional.

“Obrigado por me ajudar a celebrar meu corpo como ele é, Ryan Pfluger. Eu nunca me senti mais seguro [para fazer uma foto assim] do que com você. Eu sempre estarei em guerra com esse espelho sangrento, mas essa sessão e esse dia foi um passo muito certo na direção certa”.

Sam Smith, seu corpo está ótimo e muita gente queria poder passar a mão por esse peitoral. Quem aí quer?

Maikon Stefan
Amante do teatro, tv e de Harry Potter, formado em Técnico em Administração e Bacharel em Ciência e Tecnologia (UNIFESP-SJC). Atualmente cursa Engenharia de Materiais (UNIFESP-SJC). Também foi Presidente da Empresa Júnior (Ectm Jr). "Me chama pra causar que eu vou".