Pelo terceiro dia seguido, manifestantes foram às ruas de San Juan, em Porto Rico, para pedir a renúncia do governador Ricardo Rosselló depois de vazamentos de mensagens de texto no sábado (13) por um consórcio de jornalismo investigativo.

Foram divulgadas 889 páginas de mensagens do aplicativo Telegram. Nas conversas atribuídas a ele, Rosselló faz referências vulgares ao cantor porto-riquenho Ricky Martin pelo fato dele ser gay; chama uma política nova-iorquina de origem porto-riquenha de “prostituta” e zomba de um homem obeso com quem posava em uma foto.

Ricardo Rosselló governador de Porto Rico

O documento revelou mensagens do governador e de pessoas próximas a ele. Dentre as mensagens, algumas possuem conteúdo machista e homofóbico onde uma pessoa ligada a Rosselló faz piada com a sexualidade de Ricky Martin. “Ricky Martin é tão machista que f**e homens porque as mulheres não contam. Patriarcado puro.”

Nas mensagens também há um compartilhamento uma publicação feita no Twitter, em que afirma que “barrigas de aluguel é outra forma de tráfico de seres humanos, precisamente o que ele (Ricky Martin) ‘tenta lutar’, ao qual Elías Sánchez, diretor de campanha de Rosselló, respondeu com um meme homofóbico.

Extremamente irritado com a publicação, Ricky Martin pediu, por meio de várias mensagens em seu Twitter, que Ricardo Rosselló renuncie ao cargo, o mais alto da politica em Porto Rico, já que o país é um estado livre associado dos Estados Unidos. Segundo Martin, as mensagens são “repugnantes e mostram o caráter e a personalidade intolerante, arrogante, prepotente, homofóbica, machista e violenta de cada um.”

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

“Não podemos permitir que nossa Porto Rico esteja nas mão de estes ‘líderes'”, escreveu. “É vergonhoso, inaceitável e não se resolve com um pedido de desculpas. Este não é o governo que precisamos. Faça um ato de generosidade e amor por Porto Rico e ceda o seu cargo para uma pessoa que tenha sabedoria e liderança para nos guiar como povo.”

Outros artistas do país se somaram a Ricky Martin, como Bad Bunny, Residente e Kany Garcia. Rosselló já declarou que não vai renunciar ao governo.