O príncipe do pop, Ricky Martin, disse em entrevista ao programa Popcorn do canal ABC da TV americana, que gostaria que seus dois filhos fossem gays.

O apresentador falava com o apresentador sobre sua saída do armário: “Eu sairia de novo do armário se pudesse porque foi incrível. Fora a quantidade de pessoas chegando até mim e se dizendo ajudadas, me agradecendo… É algo muito importante a se fazer.”

Foi então que o apresentador Peter Travers emendou a pergunta: “E se seus filhos fossem gays?”, e Ricky não hesitou: “Eu não tenho como saber ainda se eles são, mas gostaria até que fossem. É algo muito especial. Os orientaria a seguir meu exemplo e viverem plenamente sem esconder quem são.”, disse o cantor, que ainda filosofou sobre o símbolo arco-íris da bandeira LGBT:

“Desde que me assumi, eu vejo cores. Você literalmente enxerga o arco-íris. Hoje entendo porque este é o símbolo, é real. Poder ser quem eu sou de verdade me faz uma pessoa mais forte.”

Atualmente Ricky Martin interpreta o personagem Antonio D’Amico, marido do estilista Gianni Versace na temporada The Assassination of Gianni Versace da série American Crime Story.

Bem… Se os filhos de Ricky são gays ou não, só eles mesmos poderão descobrir e saber com o tempo e mais idade. Mas convenhamos, se forem, que crianças de sorte por terem toda liberdade de serem quem são e dignidade garantidas, já contando com um pai que entende perfeitamente a necessidade de se respeitar a individualidade e essência de cada ser, até porque o próprio aprendeu a duras penas após décadas vivendo no armário, né?

Assista também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).