Em uma mensagem de vídeo nas redes sociais, Ricky Martin, de olhos lacrimejantes, instou o povo a “não deixá-lo cair” e disse que a saída de Ricardo Rosselló como governador envia uma mensagem aos líderes mundiais que agora “tremem de joelhos”.

O governador de Porto Rico, Ricardo Rosselló, anunciou sua renúncia na noite desta quarta-feira (24), após duas semanas de protestos por causa da divulgação de um bate-papo no Telegram do presidente com parentes e funcionários de seu círculo íntimo em que fazem comentários ofensivos, classistas, misóginos, machistas e homofóbicos, além de fazer ameaças a políticos da oposição.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

“Após escutar as críticas e falar com minha família (…) tomei a seguinte decisão com desprendimento: hoje lhes anuncio que estarei renunciando ao cargo de governador na sexta-feira, dia 2 de agosto, às cinco da tarde”, disse Rosselló em vídeo divulgado no Facebook.

Ricaro Roselló em seu discurso de renuncia do cargo de governador

Logo após a divulgação do vídeo, ocorreu uma gritaria entre a multidão que desde a tarde protestava diante da La Fortaleza, a casa de governo em San Juan. “Acredito que Porto Rico continuará unido e caminhando em frente como sempre fez”, declarou o governador. “Espero que esta decisão sirva como um apelo à reconciliação do país”.

VEJA TAMBÉM:  Darren Criss é psicopata frio e calculista no trailer de Versace; assista

Os protestos contaram com a participação de várias personalidades e artistas porto-riquenhos, como Ricky Martin, Benicio Del Toro, Ednita Nazário, René Pérez, Bad Bunny e Daddy Yankee.

Ricky Martin durante os protestos em Porto Rico

O cantor que liderou várias das marchas realizadas nos últimos dias pela saída de Rosselló, e elogiou no vídeo a “nova geração que sabe o que quer” e que “vejo um futuro cheio de luz”.

“Porto Rico, nós conseguimos, e conseguimos em paz, sem armas, como Gandhi”, disse Martin em sua conta no Instagram, que em cerca de duas horas ele tinha 520.000 visualizações.

Ricky Martin está otimista de que o triunfo do cidadão que representa a saída de Rosselló representa o fim da divisão no país, que “resgatamos nossa ilha, uma rejeição à corrupção e uma mensagem de respeito às mulheres, crianças e membros da comunidade LGBT, e a memória de nossos mortos”.

VEJA TAMBÉM:  Ricky Martin entrega prêmio a Britney Spears por seu apoio à comunidade LGBTQ

Ele também escreveu: “Porto Rico nós fizemos isso. E nós fizemos isso em paz. Sem armas, como Gandhi. Nós exigimos respeito e fomos ouvidos. Respeito pelos nossos filhos, respeito pelas nossas mulheres, respeito pela comunidade LGBT, respeito pelos nossos mortos. Isso nunca vai acontecer de novo. Nós não deixamos ninguém andar em cima de nós novamente. Estaremos atentos, vigilantes. Há muito o que fazer agora. É agora que precisamos trabalhar mais do que nunca. Conseguimos hoje porque estávamos unidos. Por muitas décadas, Porto Rico foi dividido. NÃO MAIS. Estou esperançoso de que nossa nova geração instintivamente avance as coisas. E agora, nós viramos a página. Eu vejo um futuro muito brilhante.”

“Agora me sinto muito calmo enquanto celebro. Tem sido uma montanha russa de emoções. Da raiva à alegria (chorei como louco). Isto foi um nascimento. Agora podemos conseguir o que quisermos. Nós somos um exemplo. Não mais corrupção, não mais lixo. RECUPERAMOS NOSSA ILHA. E agora, vá para as ruas. VÁ E COMEMORE, mas, POR FAVOR, NÃO DEIXE PARAR ESSE MOVIMENTO. OLHOS LARGAMENTE ABERTOS A PARTIR DE AGORA. Quero agradecer aos membros da imprensa por nos manter informados. Obrigado. Por causa do seu excelente trabalho, o mundo inteiro ouviu. Eu tenho certeza que alguns “Líderes do mundo” não conseguirão dormir esta noite. Tenho certeza que alguns estão nervosos.
Nós escrevemos uma página poderosa na história hoje à noite. PORTO RICO, ESTAMOS BEM. Te amo”, escreveu no instagram.

VEJA TAMBÉM:  "Zombaram de 4.600 cadáveres, dos LGBTs,das mulheres. Nossos líderes merdas não nos representam", diz Ricky Martin

“O que está chegando é maravilhoso”, disse ele no vídeo. Com certeza Ricky e quem sabe nós consigamos fazer o mesmo no Brasil.