O assunto da Bienal do Livro continuará a render boas discussões por aí. No programa Encontro com Fátima Bernardes (TV Globo), enquanto os convidados debatiam sobre a apreensão dos livros com conteúdo LGBTQ+, o ator Marcos Veras deixou escapar um palavrão ao vivo.

“Eu costumo dizer que Deus tá p***. Desculpa falar isso de manhã e ao vivo”, falou ele. “Muita gente falando em nome de Deus, e eu acho que essa galera não entende o que significa Deus”, comentou Veras, se referindo aos religiosos que mascaram suas atitudes homofóbicas em nome de Deus.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

“Tem gente falando em nome Dele, falando de amor, quando na verdade prega ódio, discordância, preconceito. A imagem que eu tenho de Deus é Ele lá em cima [no Paraíso] falando assim: ‘Caramba, vocês não entenderam nada'”, disse.

Veja o momento:

Marcos fez questão de salientar que o que Crivella fez é um crime. “Isso que o prefeito fez nos últimos dias é homofobia, e isso sim é crime. Não dois personagens de uma história em quadrinhos se beijando”, completou o ator.

VEJA TAMBÉM:  Ministério Público abre inquérito contra Crivella após censura na Bienal do Livro