Se tem algo que a Rede Globo sabe produzir, além de suas novelas, são minisséries impecáveis. E tudo indica que poderemos ter em breve uma minissérie sobre um personagem histórico que era gay.

Pedro Augusto de Saxe-Coburgo e Bragança quase virou imperador do Brasil e terá sua história contada em “O Príncipe Maldito“.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Baseado no livro escrito por Mary Del Priore, a trama deve abordar a chegada de Pedro Augusto no Brasil.

O príncipe era o filho mais velho de dona Leopoldina de Bragança e Luís Augusto de Saxe-Coburgo-Gota, e neto de Dom Pedro II. Ele veio ao país a convite de Dom Pedro II para assumir o trono, já que na época, a princesa Isabel, primogênita do imperador e primeira na linha de sucessão ao trono, não conseguia engravidar.

Porém, os planos de se tornar rei foram interrompidos em 1875, quando princesa Isabel finalmente conseguiu engravidar. A vida de Pedro Augusto então vira uma grande tragédia grega, ganhando o apelido de “príncipe conspirador”, ele é acusado de tentar evitar um terceiro reinado encabeçado por sua tia.

A produção deve abordar também o fato, pouco explorado, de que o princípe era gay, apesar de nunca ter conseguido de fato exercer seu desejo.

O roteiro de “O Príncipe Maldito” deve começar a ser desenvolvido em 2020. A minissérie ainda não tem previsão de estreia.