Rami Malek foi o vencedor do prêmio de “Melhor Ator” no Oscar 2019, realizado entre a noite de domingo e a madrugada de segunda-feira (25). Ele foi premiado pela sua performance como Freddie Mercury, no filme “Bohemian Rhapsody”.

O filme Bohemian Rhapsody, que conta a história de vida do vocalista do Queen, Freddie Mercury, é o filme com uma temática LGBT em seu enredo, com a maior bilheteria da história do cinema na categoria.

O ator agradeceu aos integrantes da banda e valorizou o seu legado para a música. “Bohemian Rhapsody” levou quatro Oscars no total: “Mixagem de Som”, “Edição de Som”, “Edição” e “Melhor Ator”.

“Meu pai não pode me ver fazer tudo isso.Todos que se arriscaram em mim, em cada passo desse caminho. Talvez eu não tenha sido a escolha obvia, mas deu certo no final. Obrigado Queen, por fazer parte de um pouco dessa história lendária de vocês. Eu penso no que seria falar para o pequeno Rami que isso aconteceria um dia e ele ficaria impressionado.   Esta notícia pertence a vocês.Eu penso no que seria falar para o pequeno Rami que isso aconteceria um dia e ele ficaria impressionado.Estar aqui homenageando Freddie Mercury, que é filho de descendentes. Eu também sou filho de descendentes do Egito e estar contando essa história é maravilhoso.Parte da minha história está sendo escrita agora”.

O filme do Queen concorria também na principal categoria da noite, a de “Melhor Filme”. Porém, o vencedor foi o filme “Green Book”, que conta a história da amizade do famoso pianista Don Shirley e seu segurança, Tony Lip.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

No inicio da premiação Adam Lambert e o Queen fizaram uma linda homenagem para Freddy Mercury.