Sim, o serviço de streaming Peacock anunciou que Queer as Folk estará de volta em breve. O Hollywood Reporter publicou que Stephen Dunn, conhecido por dirigir um episódio da série antológica Little America, será o produtor executivo e reimaginará o projeto sob o olhar atento de Russell T. Davies, o homem responsável pela série britânica original em 1999.

Esta nova versão não relacionada ao reboot do Showtime que estreou em 2000. A história, dessa vez, examinará a vida de um grupo de amigos queer que vivem em New Orleans. Dunn trabalha para desenvolver o projeto desde 2018 e contou ao HP sobre a honra de o projeto de fato voltar ao ar.

“É uma honra surreal adaptar a série notoriamente inovadora de Russell T. Davies”, disse Dunn. “Quando o programa foi ao ar originalmente, a ideia de histórias queer sem remorso na TV era tão provocante que eu senti que só poderia assistir Queer as Folk em segredo. Mas tanta coisa mudou nos últimos 20 anos e como seria maravilhoso se a próxima geração não tivesse que assistir Queer as Folk sozinha com o som mudo, mas com sua família e amigos e o volume alto”.

Queer As Folk terá oito episódios

Peacock encomendou uma temporada de oito episódios para a nova temporada da série, embora nenhuma data de lançamento tenha sido anunciada ainda. Tanto a versão original do Reino Unido de Queer as Folk quanto sua reinicialização nos Estados Unidos ganharam ampla aclamação por sua descrição inovadora de personagens LGBTQ e da vida queer.

A série do Reino Unido teve oito episódios mais um filme de encerramento em duas partes, enquanto a série dos Estados Unidos teve cinco temporadas. O criador da série original Russell T. Davies causou polêmica com o lançamento de outra série com tema gay, It’s a Sin, no início deste ano.