O novo reality de paquera brasileiro da Netflix, “O Crush Perfeito”, surpreendeu telespectadores e também a própria pretendente protagonista do primeiro episódio, Elena.

A princípio o jogo já parecia desafiador à ela, que tinha que avaliar qual dos rapazes com quem teve um primeiro date, merecia uma nova chance: Gabriel, Marcus, Roberto, Elivelton ou Fabrizio.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

O que ela definitivamente  não esperava foi uma revelação que rolou no papo que tinha num encontro com Roberto: “Eu sou um homem trans”, disse ele no meio do jantar.

“Como assim trans?!”, reagiu ela incrédula e ainda sem entender. Roberto tenta então explicar de maneira simples e direta que nasceu em um corpo dito feminino, mas sempre se identificou com o gênero masculino.

“Eu enfrentei várias coisas, vários padrões pra ser quem eu sou hoje”, explica Roberto emocionado enquanto ela reage: “Mas você é lindo” e em seguida se corrige: “Não, você devia ser mais lindo ainda mulher… Eu tô chocada… Gente!!”

Sem fazer spoilers e dando uma opinião pessoal aqui, mas Roberto definitivamente se saiu muito melhor no papo e no xaveco que qualquer outro concorrente hetero cisgênero do reality.

Quer saber quem ela encontrou no final? Só assistindo ao episódio! Veja o trailer abaixo:

Ao Põe Na Roda, Roberto falou sobre sua participação no programa: “Fiquei com frio na barriga, mas muito feliz com o convite pra participar do reality justamente por dar visibilidade aos homens trans. A diversidade faz parte do mundo e é preciso falar sobre o assunto pra que as pessoas saibam que a gente existe e isso seja cada vez mais normalizado, ou seja, comum, como seria pra ela encontrar com qualquer cara hétero cisgênero”.

VEJA TAMBÉM:  Dominic Sherwood de Shadowhunters pede desculpas por comportamento homofóbico

Em seu instagram o moço já acumula mais de 20 mil seguidores. Dá pra entender, né minha filha? Veja algumas fotos abaixo:

View this post on Instagram

Sou hamburgueiro, panfleteiro, encanador, eletricista, pedreiro, marceneiro, marido de aluguel, vendedor, montador de móveis, Uber, camelo, fabricante de roupa, dou muitas coisas nunca tive vergonha nem medo de trabalhar. E graças a tudo isso aí por último posso dizer que sou empresário. O que mais me motiva nessa jornada e poder levar as pessoas comigo, poder transferir minha experiência e transformá-los em criadores da sua própria renda. Hoje emprego 4 pessoas pode ser pouco, mas são 4 famílias que não passam mais necessidades. Isso e só o começo de tudo que ainda almejo, quero poder ajudar muitas outras, e além de gerar o emprego eu crio empreendedores, pessoas que vão pensar fora da caixa! Minha missão e transformar o maior número de pessoas que eu puder enquanto eu pisar nesse chão. #gratidao 🙏❤️

A post shared by Roberto Bete (@roberto_bete) on

View this post on Instagram

Nossa vida e construía nas consequências de suas escolhas, muitas vezes errei tentando acertar, muitas vezes apenas me deixei levar, outras deixei que escolhessem por mim e também algumas acabei acertando. A questão é que independente de como foi feita a escolha as consequências e dores, somente você carrega, você é dono e comandante da sua vida. Aprendi a conviver com algumas marcas que por mais que superamos sempre tem algo que nos faz lembrar, a diferença e como você reage a essa memória! Eu decidi a aceitar as coisas como são, e que eu fui o responsável, e que aconteceu com teria que acontecer, suguei o máximo de aprendizado que essas experiências me proporcionaram, porque a meta e ser melhor, é evoluir! Não se prenda ao seus erros e não viva no passado, Tome o controle da sua vida, aprenda a lição e siga em frente. Perdão e gratidão e necessário pra você! E faz um bem danado! ❤️👊 . . #Gratidão #homemtrans #transman #ftmbrasil

A post shared by Roberto Bete (@roberto_bete) on

 

VEJA TAMBÉM:  Atrizes Alice Braga e Bianca Comparato estão namorando há 3 anos

 

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).