Nem todo mundo sabe, mas o cantor Justin Timberlake tem um filho, Silas Randall Timberlake, de apenas 3 anos.

Na última semana, foi compartilhada no Instagram uma foto linda do pequeno com a sua mãe e esposa de Justin, Jessica Biel.

E nessas horas a gente entende porque tantos famosos não expõe os filhos publicamente: a filial do inferno, vulgo, qualquer fórum de comentários da Internet, onde, munidas do anonimato, as pessoas destilam seus sentimentos mais cruéis e desumanos.

Na publicação, a Internet simplesmente surtou em comentários julgadores, rotuladores, homofóbicos e machistas com uma criança de 3 anos, dizendo que o menino era então uma menina, perguntando se era gay, acusando os pais de negligência, tudo porque o garoto tem cabelo comprido.

Chegaram inclusive a acusar os pais de ABUSO INFANTIL: “Corte o cabelo deste garoto! Isso é abuso infantil!!”, disse o usuário @spotterfnp. “Ele parece um tanto afeminado”disse @d_delice.

“Mas você não tinha um garoto??”, perguntou @nfeeney6790 enquanto @_khadooj13 comentou até sobre a sexualidade de uma criança de 3 anos: “Se não for gay, desisto!”, comentou

Teve gente até julgando o beijo que a mãe deu no filho na foto, linda diga-se de passagem: “NÃO BEIJE A CRIANÇA SEUS DEGENERADOS!!”, disse @m.mounbahji. Dá pra entender?

E chega por aqui, né gente? Porque é o tipo de notícia que faz a gente desistir da humanidade, saber que tem gente que julga, xinga e rotula UMA CRIANÇA desta maneira.

Assista também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).