A plataforma de streaming Looke disponibilizou séries e filmes com temática LGBT+ em comemoração ao Mês do Orgulho LGBT. Para acessar as obras é preciso realizar um cadastro na plataforma, acesse aqui

A seleção conta com dez filmes, três séries e um documentário, que ficam disponíveis até 30 de junho.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Saiba quais são as produções:

Filmes:


A Jovem Rainha (2015)

Sinopse: A enigmática e em conflito Cristina, rainha coroada da Suécia, foi criada rigorosamente como um príncipe, ela assume sua posição como líder e, inspirada pela filosofia, enfrenta grande resistência à suas ideias de modernizar a Suécia e acabar com a Guerra dos Trinta Anos, entre protestantes e católicos. Além dos problemas políticos, Cristina ainda precisa lidar com a sua crescente atração por uma dama de companhia.


Adeus, Minha Rainha (2013)

Sinopse: Julho de 1789, alvorecer da Revolução Francesa. A vida no Palácio de Versalhes continua imprudente e descontraída, distante do tumulto que reina em Paris. Quando a notícia da tomada da Bastilha chega à Corte, nobres e servos fogem desesperados, abandonando o Rei Luís XVI e Maria Antonieta. Sidonie Laborde, jovem leitora totalmente devota da Rainha, não acredita no que ouve e permanece perto de sua adorada, confiante de que nada lhes acontecerá.


Antes O Tempo Não Acabava (2018)

Sinopse: Em conflito com as tradições do seu povo, um jovem indígena contraria os líderes da sua comunidade para morar sozinho no centro de Manaus. Na cidade, Anderson experimenta novos sentimentos e enfrenta os desafios da descoberta da sua sexualidade.

VEJA TAMBÉM:  “Todos diziam que seria impossível”, diz Jake Gyllenhaal sobre fazer Brokeback Mountain em 2005; assista


De Garota em Garota (2015)

Sinopse: Inés viveu o sonho americano em Miami por 10 anos. Seu mundo desaba quando ela é flagrada traindo sua namorada. Pela primeira vez em anos, Inés começa a questionar a sua existência. E ela sabe do que precisa… É hora de voltar para a Espanha.


Felizes Novamente (2017)

Sinopse: A veterana atriz Lainey Allen enfrenta dificuldades em sua consagrada carreira. Ela decide não renovar seu contrato e, junto a sua assessora e parceira, Eva, muda-se para uma casa de praia com vista para o oceano. Com a mudança, Eva nota uma leve depressão em Lainey e cada vez mais recorrentes episódios de esquecimentos. Com o diagnóstico de Alzheimer de início precoce, Lainey e Eva viverão as mudanças do relacionamento e terão de aprender juntas a lidar com a perspectiva de um futuro de dependência de uma mulher indomável.


Glen ou Glenda (1953)

Sinopse: Um policial conversa com o psiquiatra sobre o que leva um homem a se vestir de mulher, tema de grande repercussão após o suicídio de uma travesti. Ed Wood foi chamado para fazer um filme para tirar vantagem da publicidade em torno do fenômeno transsexual Christine Jorgensen. Ele concordou, pegou o dinheiro e fez um filme B autobiográfico com ele mesmo no papel de Glen, uma travesti torturada por sua vida secreta. “Glen Or Glenda” foi relançado como “Led Two Lives”, “I Charged My Sex”, “He Or She” e “The Transvestite”.


O Uivo da Gaita (2013)

Sinopse: O casal Antônia e Pedro veem sua relação fragmentar com a chegada da bela Luana por quem Antônia se apaixona. As duas vivem uma intensa paixão.

VEJA TAMBÉM:  Bacurau vai ter exibição gratuita e live com Silvero Pereira

Thelma (2017)

Sinopse: Depois de se mudar para Oslo para cursar o ensino superior em Biologia e morar sozinha pela primeira vez, Thelma passa pelos momentos mais estranhos de sua vida. Isso porque, inesperadamente, descobre que tem uma energia incontrolável que afeta não só sua saúde, mas o universo ao redor, e se vê perdidamente apaixonada por uma colega.


Transamérica (2005)

Sinopse: Bree Osbourne é uma orgulhosa transexual de Los Angeles, que economiza o quanto pode para fazer a última operação que acredita precisar para virar definitivamente numa mulher. Um dia ela recebe um telefonema de Toby, um jovem preso em Nova York que está à procura do pai. Bree se dá conta de que ele deve ter sido fruto de um relacionamento seu, quando ainda se identificava como homem. Ela, então, vai até Nova York e o tira da prisão. Toby, a princípio, imagina que ela seja uma missionária cristã tentando convertê-lo. Bree não desfaz o mal-entendido, mas o convence a acompanhá-la de volta para Los Angeles.


Viva (2016)

Sinopse: Jesus é um garoto cubano de 18 anos tentando descobrir sua identidade. Incerto sobre o seu futuro, ele faz a maquiagem em um clube de drag queens de Havana onde sonha em ser um performer. Quando finalmente tem a chance de subir no palco, ele é socado pelo pai, Angel, um ex-boxeador ausente da sua vida por 15 anos após ter sido preso. Perante o conflito entre os dois, eles lutam para entender um ao outro.

VEJA TAMBÉM:  Bolsonaro anuncia veto de recursos a filmes LGBT: "não têm cabimento"


Séries:


Meus Dois Amores (2018)

Sinopse: Aos 35 anos, Hector reencontra sua paixão de infância, Louise, esse encontro faz com que seus sentimentos por ela voltem à tona instantaneamente. Mas tem um problema, ele é gay e tem se relacionado com um homem por anos. Hector logo se dá conta que não é capaz de escolher entre Louise e Jérémie. Por quanto tempo Hector será capaz de manter sua angustiante vida dupla?


RIO #semlimites – 1ª Temporada (2019)

Sinopse: RIO fala primordialmente sobre o amor, o “poliamor”, no sentido mais amplo da palavra. Sem barreiras ou preconceitos, RIO traz a história de Ricardo, Isabel e Olivia (as iniciais de seus nomes possuem um trocadilho com o nome da série), três jovens de classe média numa configuração de família pós-moderna e dividem não só o espaço onde moram, mas também seus medos, angústias, carências, desejos e sentimentos diversos.

Documentários:

Cinema Diversidade (2017)

Sinopse: Cinema Diversidade é uma série documental formada por 10 episódios de 24 minutos. Cada episódio apresenta ao espectador um núcleo ou grupo de cineastas brasileiros, em atividade há no máximo 20 anos, e que possuem em comum a opção de trabalharem em seus filmes temáticas ligadas ao universo gay ou LGBT.