Roteirista de seriados como “Doctor Who” e “Years and Years“, Russell T Davies, falou que acredita que papéis de personagens homossexuais deveriam ser interpretados por atores gays.

Russell T Davies
Russell T Davies

De acordo com o DeadLine, ao falar sobre o assunto, o escritor afirma que essa é “uma questão de autenticidade”. “Você não escolheria alguém fisicamente apto e colocaria em uma cadeira de rodas, você não tornaria alguém negro. A autenticidade está nos levando a lugares alegres”, alega.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Novo seriado de Russell fala sobre grupo de jovens gays durante a epidemia de AIDS em 1980

Após a execução de seu novo seriado “It’s A Sin”, que acompanha um grupo de jovens gays que se mudaram para Londres durante a epidemia de AIDS na década de 1980, Davies falou sobre sua decisão de escalar atores gays para a produção.

“Sinto fortemente que se eu lançar alguém em uma história, estou escalando-o para agir como um amante, ou um inimigo, ou alguém drogado ou um criminoso ou um santo. Eles não estão lá para ‘atuar como gay’ porque ‘agir como gay’ é um monte de códigos para uma performance”, completou Davies.

VEJA TAMBÉM:  Pesquisa com 31 mil pessoas revela qual é a spice favorita do público

“It’s A Sin” vai estrear na emissora britânica Channel 4 em 22 de janeiro. infelizmente, ainda não há previsões para o lançamento da série no Brasil. Mas vamos torcer, né?

Avatar
Carioca, antenado e intenso. Redator do Põe na Roda e Produtor Digital da Rádio Rio de Janeiro. Amante das artes, desde as cênicas até a fotografia. Taurino com 21 anos, apreciador raiz da cultura pop e um jornalista em construção.