‘Juntos’ – e shallow now – foi lançada na semana passada e, desde então, não para de causar internet afora. A versão brasileira da canção interpretada por Lady e Gaga e Bradley Cooper, em Nasce Uma Estrela, virou meme nas redes sociais, filtro de realidade aumentada no Instagram e estreou no Top 15 do Spotify.

Toda essa repercussão se deu por conta da falta de sentido nos versos principais da música: “Juntos e shallow now”, cantam Paula Fernandes e Luan Santana.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Em entrevista ao G1, Paula admitiu a não coerência e disse ter licença poética para compor. “Tenho a licença poética de me expressar dessa forma. E todo mundo esquece que tem um contexto do início da música que é muito profundo, quando fala sobre ‘colar os nossos pedaços’. Aí entrou o meu dom criativo, e eu tenho muito orgulho disso”, disse.

VEJA TAMBÉM:  Mulher canta perfeitamente Shallow de Lady Gaga no metrô e viraliza na web; assista

A cantora também foi questionada sobre o que tinha achado da proporção que sua versão da canção tomou e disse ter ficado fascinada. “Foi o Neymar Jr que postou o refrão da música. Eu comecei a receber os memes. Apareceram milhares, e fiquei fascinada com aquilo. Foi tanta gente. Eu não conseguia ver tudo. As pessoa me marcavam. O brasileiro não tem limite. Eu estou me divertindo muito com isso. Foi um barulho nacional. Fazia tempo que uma música não tem tanta repercussão”, contou.

Paula também revelou que a música foi feita de forma rápida, em apenas 2h, e que não hesitou em manter a palavra ‘shallow’ no refrão. “Eu tentei colocar palavras em português, mas não ia funcionar para mim. Completei com a palavra que é o nome da música, que é forte. E o “now” terminando a frase. Eu sentia que não era para ter. Pode não ter ficado perfeito o sentido, mas musicalmente ficou”, explicou.

VEJA TAMBÉM:  Lady Gaga brilha e ganha um Oscar por “Shallow”, assista

Paula Fernandes também fez questão de deixar um recado para quem não gostou. “Se não gosta, não entra no meu perfil”, alertou a cantora.

Agora vem ouvir o hino: