Perguntada, Pabllo Vittar não hesitou em responder, em entrevista ao programa “Vai Fernandinha” do Multishow, como se sente em relação a tantas críticas e comentários negativos nas redes sociais sobre a sua voz.

“Dou risada quando dizem: ela é linda, mas a voz muito chata! Eu amo minha voz. É sim fina, aguda, diferente. E é com essa voz que faço sucesso, que me possibilita subir no palco e cantar! Então, amores, podem falar a vontade porque eu amo a minha voz! Se não gosta, não ouve!”, disse Pabllo respondendo o óbvio, afinal, ninguém é obrigado a escutá-la, e certamente muitas destas críticas, são homofobia velada de quem se incomoda em ver um ícone LGBT fazendo muito sucesso por aí.

[xyz-ihs snippet=”VEJA-TB”]
[embedyt]https://www.youtube.com/watch?v=g-tB8xDRIkQ[/embedyt]


Só para pra pensar: a pessoas não fazem tanta questão da mesma maneira de sair dizendo quais cantores e cantoras heterossexuais simplesmente não curtem a voz. Elas simplesmente não ouvem.

Simples, não é mesmo?

Assista também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).