Nanda Costa é uma das maiores atrizes LGBT da atualidade e falou abertamente sobre questões que envolvem sua vida pessoal e seu relacionamento amoroso com Lan Lhan.

 

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:
Nanda Costa e Lan Lhan
Nanda Costa e Lan Lhan

Em entrevista à Quem, a artista abordou sobre muitos assuntos concernentes à sua orientação sexual e desafios que perpassaram e perpassam a sua vida pessoal e profissional.

“A importância da representatividade é muito grande. Quando eu era adolescente e estava descobrindo minha sexualidade, não via nenhuma atriz falando abertamente sobre isso e trabalhando em novela, sendo capa de revista ou fazendo publicidade. Achava que eu era estranha e que se eu fosse dar margem para quem eu era de verdade, não alcançaria o meu objetivo. Era um medo profissional de não ser chamada mais para trabalhar e de colocar em risco todo o sacrifício que fiz para ser atriz“, desabafou.

VEJA TAMBÉM:  Os dez LGBTs mais influentes do Brasil em 2018

“O maior monstro que já enfrentei e matei foi o preconceito estrutural que está desde sempre na sociedade, desde que nasci. Era meu preconceito também até eu conseguir viver a minha vida e ser quem eu sou, sem precisar me esconder”, Disse em fala emocionante.

Minha vida ganhou sentido, passei a respirar melhor, consegui relaxar com a pessoa que eu era sem ter que disfarçar meu jeito de falar ou de me vestir com medo do que iam falar de mim. Hoje economizo no táxi também porque não vamos mais em carros separados (risos)”, brincou a atriz.

Nanda fala sobre assumir relacionamento

Já sobre o medo de assumir o relacionamento com a parceira, Nanda Costa foi objetiva e demostrou que estava disposta a finalmente ser quem era.

 

Nanda Costa e Nanda Costa e Lan Lhan
Nanda Costa e Lan Lhan

“De que a minha sexualidade viesse à frente da minha profissão. De que, antes do meu nome, dissessem “aquela atriz sapatão”, o que hoje para mim está tudo bem porque sei que vou estar representando outras mulheres”.

Logo quando assumi meu relacionamento, uma produtora deu uma entrevista falando que duvidava que iam me chamar para fazer outros personagens relevantes em novelas. E aquilo veio em um momento em que ainda tinha inseguranças. Mas no final, renovei contrato, fiz mais novelas, filmes, consegui contratos publicitários e até filme gringo fiz”, relatou Nanda.

VEJA TAMBÉM:  Repórter da Globo que viralizou por ato solidário sofre homofobia e responde maravilhosamente

 

Avatar
Carioca, antenado e intenso. Redator do Põe na Roda e Produtor Digital da Rádio Rio de Janeiro. Amante das artes, desde as cênicas até a fotografia. Taurino com 21 anos, apreciador raiz da cultura pop e um jornalista em construção.