Enquanto Sam Smith vai ter que esperar até o próximo ano para ver se o seu novo álbum vai escolhido pelos eleitores do Grammy (The Thrill of It All foi lançado após a data de votação, 30 de setembro) ele ainda fez sua presença conhecida no show deste ano. Após uma apresentação calorosa do compatriota James Corden, Smith mergulhou em uma performance majestosa da balada “Pray”.

Com respaldo de um coral gospel e uma pequena orquestra, Smith estava em seu elemento, e seu desempenho refletiu isso. O veterano de Grammy de 25 anos cantou as notas da música com relativa facilidade, juntamente com suas emoções. Simples e claro, Smith possuía o momento.

Veja o vídeo:


Veja também:

Assista também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).