Em entrevista recente ao jornal britânico The Sunday Times, o cantor Sam Smith afirmou que não se sente um homem cisgênero.

Cisgênero, pra quem não sabe, é quem se sente em um gênero que está de acordo ao órgão genital com que nasceu. Ou seja, pênis/menino ou vagina/menina, como é explicado mais didaticamente no vídeo abaixo:

Sam Smith disse que nenhum dos dois gêneros o faz sentir exatamente a vontade exclusivamente e sua identidade e vontade pode variar de acordo com o dia: “Nem sei qual título se dá a isso exatamente”. No caso, seria uma pessoa não binária, ou gênero fluido, Sam!

O cantor também afirmou que gosta de usar roupas femininas e se montar desde adolescente. Uma de suas lojas favoritas pra escolher peças femininas é a House Of Priscilla, em Sidney na Austrália.

View this post on Instagram

Ride or Die

A post shared by Sam Smith (@samsmith) on

Devido ao hábito de usar roupas de diferentes gêneros, Sam revelou que sofreu muito bullying na adolescência porque gostava de se vestir como mulher e ir assim até na escola: “Chegou uma fase em que eu mal tinha roupas masculinas, usava maquiagem, calça legging e casacos de pele”.

E tem todo direito! Pode sair dando close a vontade, né gente?

Vale lembrar que recentemente o cantor assumiu relacionamento com o ator Brandon Flynn, com quem foi visto se beijando tranquilamente na rua.

Veja também:

Assista também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).