Saiu a lista de concorrentes ao Grammy Latino 2020. Entre os indicados LGBTs da premiação rolou bastante artista do Vale com nomes como Pabllo Vittar, Anitta, As Bahias e As Cozinha Mineira, Ney Matogrosso e Ricky Martin.

Pabllo vem junto com Emicida e Majur pelo sucesso da música “Amarelo”, que concorre na categoria Melhor Canção em Língua Portuguesa.

Em Melhor canção urbana, Anitta vem junto com MC Lan, sendo os únicos brasileiros do Grammy Latino na categoria que inclui todos os países pela música “Rave de Favela”.

O cantor porto-riquenho Ricky Martin aparece nas categorias Melhor Canção do Ano por “Tusa” e Álbum do Ano com “Pausa”.

O Grammy Latino ainda traz muita representatividade LGBT+ com o grupo As Bahias e As Cozinha Mineira concorrendo na categoria Melhor álbum por “Enquanto Estamos Distantes” e Ney Matogrosso na categoria Melhor álbum de MPB por “Bloco na rua (deluxe)”.

Indicação ao Grammy Latino 2020: As Bahias e a Cozinha Mineira (Foto: Reprodução / El Pais)
Indicação ao Grammy Latino 2020: As Bahias e a Cozinha Mineira (Foto: Reprodução / El Pais)

Confira abaixo a lista completa de categorias e indicados do Grammy Latino 2020:

Melhor canção do ano

“ADMV”, Maluma; “Bonita”, Junaes e Sebastian Yatra; “Codo con codo”, Jorge Drexler; “El mismo aire”, Camilo; “For sale”, Alejandro Sanz e Carlos Vives; “El mundo fuera”, Alejando Sanz; “Lo que en ti veo”, Kany García e Nahuel Penissi; “René”, Residente; “Triburones”, Ricky Martin; “Tusa”, Karol G e Nick Minaj; “Tutu”, Camilo e Pedro Capó.

Álbum do ano

“Yhlomdlg”, Bad Bunny; “Oasis”, Bad Bunny e J Balvin; “Colores”, J Balvin; “Por primeira vez”, Camilo; “Mesa para dos”, Kany García; “Aire”, Jesse e Joy; “Un canto por México”, Nathalia Lafourcade; “Pausa”, Ricky Martin; “La conquista del espacio”, Fito Paez; “Cumbiana”, Carlos Vivez.

Melhor canção urbana

“Adicto”, Tainy, Anuel AA e Ozuna; “Muchacha”, Gente De Zona e Becky G; “Rave de Favela”, MC Lan, Anitta, BEAM e Major Lazer; “Rojo”, J Balvin; “Yo x Ti, Tu x Mi”, Rosalía & Ozuna.

Categorias em Língua portuguesa:

Melhor álbum pop

“N”, Anavitória; “Enquanto estamos distantes”, As Bahias e a Cozinha Mineira; “APKÁ!”, Céu; “Guaia”, Marcelo Jeneci; “Eu feat você”, Melim.

Melhor álbum de rock ou de música alternativa
“AmarElo”, Emicida; “Little Eletric Chicken Heart”, Ana Frango Elétrico; “Letrux aos prantos”, Letrux; “Universo do canto falado”, Rapadura; “Na mão das flores”, Suricato.

Melhor álbum de samba/pagode
“Mangueira, a menina dos meus olhos”, Maria Bethânia; “Martinho 8.0 – Bandeira da Fé: Um concerto”, Martinho da Vila; “Samba jazz de raiz, Cláudio Jorge 70”, Cláudio Jorge; “Fazenda samba”, Moacyr Luz e Samba do Trabalhador; “Mais feliz”, Zeca Pagodinho.

Melhor álbum de MPB
“O Amor no Caos Volume 2”, Zeca Baleiro; “Belo Horizonte”, Toninho Horta & Orquestra Fantasma; “Bloco na rua (deluxe)”, Ney Matogrosso; “Planeta Fome”, Elza Soares; “Caetano Veloso & Ivan Sacerdote”, Caetano Veloso & Ivan Sacerdote.

Confira AQUI a lista completa.

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).