Grande candidata a ser o grande hit do Carnaval 2020, “Tudo Ok” é interpretada por o até então desconhecido Thiaguinho MT. A canção tem duas versões, ambas acompanhadas por vozes femininas, abordando uma proposta bem diferente do que estamos acostumados a ver em sucessos recentes.

Em entrevista ao Observatório da Música, Thiaguinho revelou que teve a ideia da canção através de uma postagem de um LGBTQ+, que planejava uma vingança contra seu ex-namorado:

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

A inspiração dessa música veio de um tweet que eu vi de um gay empoderado falando que o seu ex ia pagar por todo o mal que tinha feito a ele. Achei divertido a forma que ele escreveu sobre o seu cabelo estar OK e que estava pronto pra chegar na noitada. Eu guardei essa história porque achei maneira, e escrevi pensando tanto para um homem quanto para uma mulher. A música não tem gênero- e independente de qualquer escolha ou sexo – o que vale é a gente saber superar as rasteiras da vida.

VEJA TAMBÉM:  Empresas que incluem LGBTs tem melhor desempenho, diz levantamento

“Tudo Ok” está sendo impulsionada por vários memes na internet, que mostram famosos com seus ex em vídeos feios por fãs.

Também tem o #TudoOkChallenge, onde maquiadores mostram todo o seu talento ao som da música, além de vários outros vídeos divertidos.

“Tudo Ok” está atualmente na segunda colocação da parada brasileira do Spotify, devendo assumir a liderança em poucos dias.

Avatar
22 anos, geminiano, mineiro, jornalista formado pela UEMG. Apaixonado por música e artes de modo geral. Ex-bailarino na teoria mas danço nas festinhas bastante. Sonho em ser amigo da Rihanna e da família da Beyoncé. Provável futuro ex-bbb e quem sabe vencedor da Fazenda.