Fãs de RuPaul estão indignados com a rapper americana Azélia Banks. Tudo porque, o álbum de RuPaul, “American” foi tirado do ar no Spotify depois que a rapper acusou mama Ru de plágio.

Segundo Azélia, “Call Me Mother” de RuPaul, de 2017, seria um plágio de “The Big Beat”, uma música sua lançada em 2016.

Em seu Twitter, Azealia ainda chamou RuPaul de feia e fez piada em referência a retirada do álbum logo no mês do Orgulho LGBT:

“Tirei ‘Call me mother’ de RuPaul do ar. Você não vai pisar nos meus pézinhos negros, garota! Leve suas giletes e bombas pra clínica de depilação a laser mais próxima! TuPaul, TCHAU FEIA! Feliz Orgulho!”, postou.

É… A fama de barraqueira de Azealia não vem a toa mesmo. Mas será plágio? Entre os fãs, há sugestões de o uso de um sample (trecho da própria música, prática comum entre artistas)…

Bem, até o momento, RuPaul não se pronunciou sobre o ocorrido. Ouça você mesmo as duas músicas e tire suas conclusões:

Assista também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).