O ator Matt Bomer revelou que assumir-se gay publicamente lhe custou papéis na carreira tanto cinema quanto na televisão, mas mesmo assim valeu a pena.

A estrela de American Horror Story – e que estará no novo filme gay da Netflix “The Boys In The Band” – saiu do armário publicamente como gay em 2012 da melhor maneira possível: agradecendo seu marido enquanto recebia um prêmio por seu ativismo na luta contra o HIV / AIDS.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Em declaração à revista Attitude, Matt Bomer disse que há uma “certa troca” pra personalidades LGBT+ que revelam sua sexualidade ao público.

“Estamos vivendo em uma época em que existem atores, atletas e figuras públicas que são abertamente gays e não têm medo de reconhecer isso, mas sem dúvida há uma troca, na minha experiência”, disse ele.

VEJA TAMBÉM:  Matt Bomer reflete sobre sua saída do armário: “Ser verdadeiro é sempre o mais importante”
Matt Bomer e a família
Matt Bomer, o marido e os filhos (Foto: Reprodução / Instagram)

“Eu saí do armário em um momento em que ainda era muito arriscado fazer isso. Eu tinha um filme que estava pra estrear e uma série de televisão sendo lançada. Mas para mim era mais importante ser autêntico, tanto para minha família quanto para mim.”

Ele continuou: “Eu não estava tentando ser um modelo e nem sou agora, mas pensei que se também poderia de quebra ajudar outras pessoas com isso, então, mesmo podendo me prejudicar na carreira, valeria a pena”.

Entretanto Matt Bomer sabe que, apesar de ganhar, também perdeu com isso: “Mas dizer que isso não me custou certas coisas na minha carreira seria mentira. Pra mim, essa troca valeu a pena. Mas definitivamente não foi um conto de fadas”

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).