Em entrevista nesta semana, para falar sobre o lançamento do seu novo álbum, Madame X, à agência Reuters, Madonna foi questionada sobre o que ela acha do atual momento dos direitos humanos, sociais e civis no mundo, especialmente, nos Estados Unidos.

Direta, a rainha do pop respondeu: “Se você está falando da extrema-direita e dos direitos que estão sendo tirados, digamos, da comunidade LGBTQI+ ou dos direitos femininos… obviamente estou traumatizada e horrorizada”, declarou Madonna.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Em seguida, ela reafirmou sua luta em prol de diversas causas sociais. “Ainda há muita pobreza no Maláui, e a taxa de HIV diminuiu consideravelmente, mas não desapareceu”, enfatizou. E concluiu: “[Existem] todos os problemas que são recorrentes na América por causa de novas legislações, então terei que continuar lutando pelas mesmas coisas”, finalizou.