Um pai negro e gay criou seu próprio livro de história infantil depois de perceber a falta de diversidade nos contos tradicionais. Porque se já é difícil ver representatividade LGBT nas obras literárias (infantis então!), imagine a diversidade étnica então?

Leon Wenham explicou que teve a ideia de fazer “Você, eu e muito, muito amor” porque nunca viu sua família refletida nos livros que lia para seu filho de cinco anos, que ele adotou como pai solteiro no ano passado.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

O pai solo gay acrescentou: “Ele fala sobre nossa jornada de adoção e explica alguns dos sentimentos e emoções que muitas crianças adotadas experimentam”.

Leon Wenham criou livro para seu filho com personagem negro protagonista (Foto: Arquivo / Leon Wenham)
Leon Wenham criou livro para seu filho com personagem negro protagonista (Foto: Arquivo / Leon Wenham)

“A outra mensagem principal é normalizar a diversidade desde a infância. Usei propositalmente muitos personagens étnicos – não só negro, mas variados – pra mostrar às crianças que todo mundo é diferente e que está tudo bem. É para TODAS as crianças e TODAS as famílias”, contou ele.

View this post on Instagram

Soooooooo I thought I’d drop an exclusive here to say a huge thank you to everyone that has followed this page and will hopefully be following me on my journey as I self publish my first children’s book. I’ve approved the draft sketches and they are great. This is one of my favourite pages not only because it has the title of my book in it, but because it’s something I say to my beautiful son quite a lot. “In our home theres, you, me and lots and lots of love” I’m self publishing via @bear_with_us_productions #inclusiveeducation #inclusivechildrensbooks #lgbtchildrensbooks #samesexparents #adoptioncommunity #nationaladoptionmonth #nationaladoptionweekend #nationaladoptionday #youcanadopt #diversechildrensbooks #blackboysrock #blackboysbooks #gayblackdadsofinstagram #blackgaydads #gayswithkids #singledad #singledadlife #ukadoptioncommunity #adoption #adoptionjourney #lgbtfamily #podcast #lgbtq🌈 #parenting #singleparent #singleparents #frolo @frolo_app @blackbritishparent @merkybooks @cocoagirlmag @cocoaboymag @thevoicenewspaper @blackbritishparent @black @ukblackpride @gays_with_kids #inclusiveeducation #inclusivechildrensbooks #blackgaydadsrock #laurahenryconsultancy @amplifydot @ashleyjbaptiste @baronessfloellabenjamin @thevitamindproject @candicebrathwaite @stylemesunday @unlikelydad @sissaylemn @ashleyjbaptiste @bear_with_us_productions theblacknurserymanager @beninldn @stonewalluk @penguinukbooks #davidolusoga

A post shared by @ lots_andlotsoflove on

Sobre a dificuldade em ver diversidade nas obras infantis, ele disse ao MailOnline: “Encontrar livros inclusivos para crianças pode ser difícil, mas minha missão é garantir que cada criança entenda o quão normal é ser diferente.”

Um levantamento mostrou que apenas 4% das obras infantis apresentam personagens principais não brancos. Preocupante quando devemos ensinar crianças que a diversidade existe para um mundo futuro com cada vez menos preconceito, né?

Curtiu o trabalho dele? Passe em seu Instagram pra ter mais informações sobre a obra e apoiá-lo.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).