O cantor goiano (e também gay, manas!), Lisita, é estreante, mas já vem mostrando a que veio. Em um ano de carreira, já abriu shows da Iza e Lia Clark, além de cantar na Parada LGBT de São Paulo no trio do Trans Cidadania.

Agora ele lança seu novo clipe, “Tortura”, uma das faixas de “Tem que Começar”, EP de estreia. Diferente do primeiro single “Mão na Massa” e da safadinha “Professor”, o novo trabalho apresenta o artista em uma posição mais vulnerável.


Assista também:


Além do som dançante, em uma vibe latina, o cantor conta sobre a angústia d solidão na ausência do crush: “A letra da música conversa com uma fase específica da minha vida. Quis escrever sobre a sensação de estar sozinho mesmo estando com alguém. Eu me sentia desamparado, procurando respostas… e isso era algo que eu queria mostrar no clipe”, revela o cantor sobre a faixa ‘Tortura’.

O vídeoclipe foi dirigido pelo estreante Gustavo Henrique, retrata os sentimentos de angústia e ansiedade que estão atrelados ao amor não correspondido que Lisita canta na música.

Assista abaixo:

Confira o EP no Spotify:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).