Lance Bass, Justin Timberlake, Chris Kirkpatrick, Joey Fatone e JC Chasez se reuniram pela primeira vez em muitos anos para lançar a estrela da calçada da fama de Hollywood da banda que foi uma das boybands de maior sucesso nos anos 90.


Veja também:


Perguntado pela imprensa durante a coletiva, por que só revelou que era gay anos depois da banda acabar, o ex-NSYNC Lance Bass explicou:

“Tendo sido criado em Mississippi e em uma igreja batista, eu escondia de todo mundo que era gay.”

Mas e na banda? Também. Lance disse que achava que seria rejeitado pelos outros garotos: “Eu tinha certeza que seria desprezado por quem quer que fosse. Me sentia errado por mais incríveis que os garotos fossem comigo.”

2018: NSYNC se reúne para inaugurar estrela na Calçada da Fama

O cantor também acreditava que seria o fim da banda se, no auge do sucesso, ele saísse do armário publicamente: “Na minha cabeça, estaria tudo acabado pro NSYNC, então poupei a todos. Hoje já vivemos em uma realidade mais aberta. Existem mais cantores e artistas abertamente LGBT do que em qualquer outro tempo, fico muito feliz e orgulhoso em ver isso e saber que há muitos jovens que tem em quem se inspirar.

Lance Bass se assumiu em uma entrevista que repercutiu demais na imprensa em 2006. Atualmente ele é casado com seu marido Michael Turchin desde 2014.

Assista também:

Lance Bass e o marido Michael Turchin, juntos desde 2014.
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).