Em um vídeo compartilhado em seu próprio Twitter, o integrante do reality Queer Eye da Netflix, Karamo Brown, revelou que já tentou suicídio em 2006, em uma época de sua vida que ele considera o auge de uma depressão, um ponto onde ele acreditava que nada poderia melhorar.

“No dia de hoje, em 2006, eu estava sentado sozinho em meu sofá tentando suicídio. Na minha cabeça, a vida tinha acabado pra mim”, revelou o rapaz.


Assista também:


E continuou: “Mas felizmente devido a procura por tratamento, fui trabalhando dia a dia pra melhorar e acreditar em mim novamente. Aqui estou eu hoje: feliz e saudável. Eu superei e acredito que você também possa se estiver passando por alguma dificuldade na vida.”

Recomendando aos seus seguidores que procurem ajuda caso tenham qualquer sintoma do tipo, Karamo afirmou: “Me sentia num lugar escuro e sem salvação e como se nada pudesse melhorar. Achava que nada mais mudaria e tentei tirar minha própria vida na época.”

Conforme seu relato, foram os amigos Raymond e Tre que perceberam a situação e chamaram a ambulância a tempo ou ele não estaria vivo hoje nos alegrando e dando tantas lições de vida no Queer Eye.

“Vocês me vêem hoje no Queer Eye ajudando pessoas com problemas psicológicos. Faço isso porque é importante pra mim. Quero que você saiba que as coisas melhoram. Se você precisa de ajuda, corra atrás disso que a vida pode mudar. Sou a prova viva disso.”

Veja o vídeo na íntegra abaixo:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).