Era 2018 quando o modelo e ator Juliano Laham deu vida ao personagem Luccino Pricceli na novela “Orgulho e Paixão” da Rede Globo. Juntamente com Pedro Henrique Müller, os atores formaram um casal gay na trama e conquistaram o coração do público que torcia para que o romance de seus personagens desse certo.

Porém, nem todo mundo curtiu o fato do ator ter interpretado um personagem gay.
Em entrevista á Quem, Laham revelou que perdeu seguidores nas redes sociais durante a exibição do folhetim:

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Comparando com os dias de hoje perdi muitos seguidores, mais de 300 mil pessoas. Isso pra mim não muda nada, não importa. O importante é a pessoa ter respeito. Se a pessoa tem preconceitos, quero que ela pegue o preconceito dela e vá para outro lugar. É bem melhor que não esteja me seguindo”, contou.

VEJA TAMBÉM:  Personagem de Star Wars se revela pansexual

Mesmo com a perda expressiva de seguidores, Juliano diz que o importante foi ter ajudado pessoas com seu trabalho e que recebeu muito mais mensagens positivas do que negativas:
Quando faço um personagem, não faço só para mim, faço para quem está assistindo em casa. Recebi muitas mensagens de tias, avós, de pessoas agradecendo por ajudá-las a entender. Então isso para mim não tem preço, não tem dinheiro que pague você poder ajudar uma pessoa num momento tão difícil e em um momento em que ainda existe tanto preconceito. O que é um saco, convenhamos, né? Acho que as pessoas tem que amar a si mesmo e respeitar o próximo“, finalizou.

VEJA TAMBÉM:  "Me perguntam se eu daria beijo gay como se fosse errado", diz ator Juliano Laham de 'Orgulho e Paixão'