O eterno astro da série ‘Big Bang Theory’, Jim Parsons, falou sobre seu papel na nova série ‘Hollywood’, criada por Ryan Murphy e que está pra ser lançada na Netflix.

A obra fala sobre a indústria de Hollywood em seus anos de ouro (1940) e revela muito do sexismo, homofobia, racismo e machismo presente nos bastidores deste meio.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Falando a Ellen DeGeneres, Parsons explicou: “No meio do caminho, os fatos começam a se transformar mais em fantasia. É um show que questiona: “Será que as certas decisões foram tomadas?”.

E explicou: “Não quero revelar muito, mas trata-se de escolhas que não foram feitas na época devido à cor da pele, sexualidade e coisas assim. Esses personagens fazem escolhas diferentes e meio que questionam, o que teria acontecido, como seria a vida agora se Hollywood tivesse feito as coisas de forma diferente há 80 anos?”.

VEJA TAMBÉM:  Músicas de "Glee" finalmente são disponibilizadas nas plataformas digitais

Jake Picking interpretará o ator gay Rock Hudson – que viveu maior parte da vida no armário – no início de sua carreira, enquanto Parsons interpretará o influente agente de talentos de Hollywood Henry Wilson – que foi a chave para a ascensão de Hudson, Tab Hunter e outros galãs de Hollywood.

Jim Parsons revelou que não estava acostumado a contracenar com tantos homens nus, o que deve ser uma constante na série que revela bastidores e segredos da indústria do entretenimento.

“Já fui a muitos clubes gays e nunca vi tantas pessoas nuas simultaneamente, é sério. Depois de algum tempo contracenando, felizmente acostumei, mas admiro estes profissionais que fazem estas cenas com tamanha naturalidade”, contou.

E finalizou brincando: “Se isso não fizer as pessoas assistirem a série, eu não sei mais o que fará”.

Assista ao trailer da série abaixo:

VEJA TAMBÉM:  Titãs: DC escala ator trans e surdo pra papel de Jericó, filho do Exterminador

https://www.youtube.com/watch?v=AyiVsb0PmS4

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).