O ator consagrado de sucessos como Senhor dos Anéis – e um dos únicos abertamente gays de sua geração – Ian McKellen, afirmou em entrevista a revista Time Out, que lamenta que o personagem Dumbledore – diretor da escola de magia de “Harry Potter” – não seja explicitamente gay no novo filme “Animais Fantásticos”, que como o livro, mostrará um outro lado do universo dos personagens de J.K. Rowling.

Falando nela, foi a própria autora da saga “Harry Potter” e “Animais Fantásticos” que cantou essa bola e confirmou que Dumbledore era gay surpreendendo a muitos fãs. E quem melhor do que a criadora pra dizer, não é mesmo?

“O personagem é gay, mas é como se isso fosse invisível. Não há qualquer indício no filme”, disse Ian manifestando sua insatisfação. E tem toda razão! Poxa, ao menos um namorado, uma paquera que fosse, não custava nada por representatividade já que o personagem de fato é gay, não é mesmo?

Ele continuou ainda criticando a indústria para a qual ele mesmo trabalha: “Não é uma vergonha? Bem, nada de novo em Hollywood, não é mesmo? Pra eles, que apenas recentemente descobriram que existem atores negros talentosos no mundo…”, afirmou o ator em referência ao Oscar de dois anos atrás, quando houve protesto pela falta de variedade racial entre os indicados. Desde então, as duas últimas edições do Oscar evoluíram muito neste quesito.

Animais Fantásticos estreia nos cinemas do mundo todo em Novembro.

Assista também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).