A cantora e Deusa do Universo, Cher, se mostrou bastante honesta quando perguntada sobre o que achou do novo musical que conta a história de sua carreira: The Cher Show.

A obra conta a biografia da lenda por suas mais de sete décadas vividas, do alcançar da fama aos pontos mais marcantes de sua vida pessoal, tudo costurado ao som de seus hits inesquecíveis.

Pois bem. Na última semana, a beldade viajou a Chicago para conferir as primeiras três apresentações do show que acaba de estrear.

Eis que o comentário foi: “Precisa melhorar! Sei que eu não deveria dizer isso, mas não me importo. Tem algumas partes fabulosas, mas outras que precisam ser trabalhadas!”, afirmou.

A dona do hit atemporal Believe afirmou que está trocando ideias com o diretor do show, Jason Moore, mudando desde falas até cenas e maneiras que ela acredita que possa fazer do musical melhor. E certamente deve ter razão, né? Porque se tem uma pessoa que entende de SHOW há muito tempo, esse alguém é a Cher.

“Quero que eles façam um medley de músicas dançantes ao final, ao estilo do que acontece no Mamma Mia. O público ia adorar.”

Outra sugestão da diva ao diretor foi deixá-la mais humana e verdadeira: “Já falaram muito da minha vida. Seria besta fingir que sou uma Madre Teresa. O show deve mostrar meus pontos mais frágeis.”

The Cher Show estreou dia 28 de Junho no Oriental Theather em Chicago, nos Estados Unidos.

Assista também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).