O Emmy 2020 revelou quem vai competir por uma estatueta na edição deste ano, que possui previsão para ocorrer em 20 de setembro. Como nos anos anteriores, várias produções, atores e personagens LGBTs se destacaram e foram indicados. Separamos alguns para o público já ficar na torcida.

A série RuPaul’s Drag Race foi indicada em nada menos que 13 categorias, incluindo Melhor Programa de Competição, Melhor Elenco de Reality e Melhor Apresentador de um Programa de Reality ou Competição. As outras categorias foram: Melhor Direção de Reality; Melhor Cinematografia de Reality; Melhor Figurino para Programa de Variedades, Não-Ficção ou Reality; Melhor Edição de Imagens para Reality Roteirizado ou Competitivo; Melhor Maquiagem Contemporânea para um Programa de Variedade, Não-Ficção ou Reality (sem próteses); Melhor Mixagem de Som para um Programa de Não-Ficção ou Reality; e Melhor Penteado Contemporâneo para uma Série com Várias Câmeras ou Especial.

Já o Untucked de Rupaul’s foi indicado em três categorias: Melhor Reality Não Roteirizado; Melhor Edição de Imagens para um Reality Não Roteirizado; e Melhor Reality ou Série de Não-Ficção Curta. A série da HBO, “We’re Here“, estrelado por Bob The Drag Queen, Eureka e Shangela, também foi indicado para Melhor Reality Não Roteirizado.

A série Queer Eye está entre as que foram indicadas para várias categorias, somando sete possíveis estatuetas: Melhor Desing de Produção para Programa de Variedades, Reality ou Competição; Melhor Elenco de Reality; Melhor Cinematografia de Reality; Melhor Direção de Reality; Melhor Edição de Imagens para Reality Roteirizado ou Competitivo; Melhor Apresentador de um Programa de Reality ou Competição; e Melhor Reality Roteirizado.

Billy Porter está concorrendo novamente na categoria Melhor Ator de Série de Drama, pela interpretação de Pray Tell na série Pose.

A atriz Zandaya também brilhou em um papel LGBT+ ao mostrar o drama de Rue em Euphoria, que está tentando se livrar das drogas e se envolve em um romance com a sua melhor amiga, Jules. A atuação lhe rendeu a indicação como Melhor Atriz em Série Dramática.

Samira Wiley foi indicada na categoria Melhor Atriz Coadjuvante em Série de Drama, pelo papel de Moira na distopia The Handmaid’s Tale, na qual vive uma mulher lésbica que consegue fugir do regime autoritário de Gillead e se torna uma refugiada no Canadá.

Outra série com temáticas LGBT+ que fez sucesso nas categorias foi Hollywood. A produção garantiu indicação a quatro atores do elenco: Jeremy Pope como Melhor Ator em Minisérie ou Filme para TV e Holland Taylor em Melhor Atriz em Minisérie ou Filme para TV.
Dylan McDermott e Jim Parsons estão concorrendo na categoria Melhor Ator Coadjuvante em Minisérie ou Filme para TV.

Conhece algum outro personagem ou produção LGBT+ indicada? Sabe outra categoria que as séries citadas foram indicadas? Compartilha com a gente nos comentários e vamos ficar na torcida.