O texto a seguir contém spoilers de todas as temporadas de Dark.

A série Dark, da Netflix, disponibilizou a terceira e última temporada da produção no dia 27 de junho, data do juízo final da saga. No último episódio, o público conheceu os sobreviventes da série e um novo casal chamou a atenção: Peter Doppler estava oficialmente se relacionando com a mulher trans Bernadette Woller, conhecida como Benni.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Nas primeiras temporadas, Peter é casado com Charlotte e tem duas filhas, Franziska e Elisabeth. O caso com Benni, que era prostituta, foi descoberto pela esposa e desde então os dois passaram a ter uma relação de aparências, dormindo em quartos separados e sem confiança.

A sexualidade de Peter nunca foi revelada ou oficializada para o público, já que se relacionar com Benni não o torna LGBT+, mas alguns indícios mostram para uma possível bissexualidade do personagem: em um momento de fúria na primeira temporada, Franziska está frustrada com a situação da família e fala que o casamento dos pais é uma mentira, já que a mãe descobriu que o pai “gosta de pau”. 

Já durante a última temporada, os protagonistas descobrem a realidade alternativa, em que Peter é um pastor de igreja. Quando Charlotte vai encontrar o marido, o vê conversando com bastante intimidade com Benni, que não passou pela transição de gênero e ainda está se apresentando socialmente como homem, mostrando que a esposa desconfiava da orientação sexual e fidelidade do companheiro.

No episódio “O Paraíso” os únicos que sobrevivem no “mundo original” foram os personagens que não estavam envolvidos no “nó”. Com isso, Charlotte, Franziska e Elisabeth não existem e, durante um jantar entre amigos e família, Peter está ao lado de Benni, com quem, aparentemente, já mantém um longo relacionamento.