Em uma sessão de “Q&A” (Perguntas e Respostas), o presidente da Marvel Studios, Kevin Feige, afirmou que a empresa “com certeza” tem planos para introduzir novos personagens LGBTs nas futuras franquias cinematográficas. 

Feige ainda relembrou os avanços que o estúdio fez na representação de personagem com diversidade sexual, embora reconheça que foram “pequenos passos”. A obra “Vingadores: Ultimato” trouxe, em uma breve aparição, o primeiro personagem abertamente gay da franquia, interpretado pelo diretor Joe Russo.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Um dos próximos lançamentos da franquia, “Os Eternos”, deve levar essa representatividade para outro nível com o herói Phastos, que é casado com outro homem, possui filhos e promete mostrar o primeiro beijo gay do Universo Cinematográfico da Marvel (MCU).

O presidente ainda afirmou que está muito animado com a evolução do estúdio e que mais personagens da comunidade devem ser introduzidos, “especialmente pessoas trans”. Sobre representatividade trans, Feige disse: “sim. Absolutamente, sim. E muito em breve, em um filme que estamos rodando agora mesmo”.

Quando um estudante perguntou se os sucessos de “Pantera Negra” e “Capitã Marvel” fariam a empresa evoluir para algo mais diverso, Feige respondeu que esse sempre foi o plano: “com esses dois filmes em particular,  queríamos mostrar heróis dos quadrinhos que representassem o mundo que assiste aos nossos filmes. O que é legal é que ambos os filmes os longas foram tremendos sucessos e jogaram fora quaisquer dúvidas, e eu espero que tenham inspirado companhias ao redor do mundo para fazer a mesma coisa”.