Incentivando ainda mais a representatividade em todos os segmentos, a cantora baiana Majur estreou na capa digital da revista britânica Gay Times. A edição foi publicada na quarta-feira (16). O momento vitorioso foi marcado por comemorações e alegria.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Majur fala de infância

“Tive uma educação simples, éramos só eu e minha mãe, Luziane. Ela cuidou de mim; Eu era muito jovem quando meu pai foi embora. Ela costumava reciclar lixo por dinheiro. Eu frequentemente acabava ajudando ela também. Hoje eu percebo tudo pelo que ela passou. Ela me ajudou a me amar do jeito que eu era”, disse Majur na entrevista para a revista.

Majur para Gay Times
Majur para Gay Times

“Fazer música me ajudou a ter consciência da energia presente em meu corpo, minha espiritualidade – como algo que eu pudesse tocar”, ressaltou.

VEJA TAMBÉM:  Atores LGBT+ se reúnem para fazer uma versão online de “Onze Homens e um Segredo”

Meu corpo, minha existência, já é uma declaração política em uma sociedade que não celebra nossa comunidade. Não termos medo de nos reunirmos e celebrarmos nosso valor é uma forma de resistência. Minha voz, minha música, é o que me dá vida”, finalizou Majur.

Majur para Gay Times
Majur para Gay Times
Avatar
Carioca, antenado e intenso. Redator do Põe na Roda e Produtor Digital da Rádio Rio de Janeiro. Amante das artes, desde as cênicas até a fotografia. Taurino com 21 anos, apreciador raiz da cultura pop e um jornalista em construção.