Jogadores LGBTs do game “DLC Assassin’s Creed Odyssey” ficaram furiosos com a  última atualização do jogo, que força seus personagens a estarem em um relacionamento hétero.

Assassin’s Creed Odyssey ganhou elogios após seu lançamento por permitir que os jogadores decidissem que os  romances dos personagens jogo poderiam ser com ambos os sexos durante uma playthrough.

Como nas atualizações anteriores, se os jogadores completarem o enredo principal, eles ganharão um prêmio, mas para ganhar essa conquista, o jogador tem que fazer, obrigatoriamente, que os personagens Alexios ou Kassandra namorem com um personagem do sexo oposto a fim de garantir filhos para manter sua linhagem.

Falando ao Gay Star News, Matt Hardwick, o fundador do London Gaymers, disse: “O jogo ganhou elogios do público LGBT, mas para um jogo que forneceu opções para os jogadores explorarem identidades LGBT e escolhas dentro do jogo principal, é decepcionante ver que isso não foi realizado para o DLC.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Na melhor das hipóteses, essa é uma escolha de enredo preguiçosa ou insensível. Na pior das hipóteses, é potencialmente uma demonstração de que os criadores da Ubisoft não quiseram contar nenhuma história LGB, e é por isso que alguns fãs sugeriram que o público LGBT estava sendo favorecido com o lançamento inicial do jogo.

Do ponto de vista de um jogador, independente da sua sexualidade, qual é o objetivo das missões adicionais de história para download que ignoram as escolhas feitas pelo jogador no jogo principal? Embora eu aprecie a dificuldade de fazer alterações na história e no código após o lançamento, não seria preciso muito para corrigir isso com um patch ou DLC posterior. Isso é algo que esperamos ver.”

Jonathan Dumont, diretor criativo do jogo, pediu desculpas aos jogadores após a repercussão negativa: “Queremos estender um pedido de desculpas aos jogadores desapontados por um relacionamento do qual seu personagem participa. Nosso objetivo era deixar os jogadores escolherem entre uma visão utilitária de garantir que sua linhagem viva ou formar um relacionamento romântico.” Ele acrescentou que a idéia deles foi “mal executada”.

Após uma reação inicial sobre a falta de relacionamentos entre pessoas do mesmo sexo quando comparados a relacionamentos heterossexuais, a Bethesda, uma das empresas responsáveis pelo “DLC Assassin’s Creed Odyssey”, introduziu uma atualização para Mass Effect: Andromeda, que permite relacionamentos entre pessoas do mesmo sexo no jogo.