O ex-guitarrista da banda Queens, Brian May, revelou no livro Queen in 3-D que Freddie Mercury precisou amputar um pé na luta contra a AIDS. “O problema [durante o tratamento contra AIDS] era realmente o pé dele e, tragicamente, havia sobrado muito pouco dele”, escreveu. 

Em seus últimos meses de vida, o vocalista de uma das maiores bandas de rock do mundo viu sua saúde se deteriorar drasticamente. Foi exatamente nessa época que ele perdeu o membro. 

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

“Ele mostrou para nós como estava o pé em um jantar”, contou May. “E, ele disse: ‘Oh, Brian, me desculpe por ter te chateado mostrando isso’. E eu disse: ‘Não estou chateado com isso, Freddie, apenas por perceber que você tenha que aguentar tanta dor’”, contou.

O companheiro de Mercury ainda lamentou que o tratamento com coquetéis só tenha chegado meses depois do falecimento do vocalista. “Ele perdeu a chance por uma diferença de apenas alguns meses. Se tivesse um pouco mais de tempo ele ainda estaria com a gente, tenho certeza. Mas não se pode pensar assim porque senão você fica louco”, afirmou.

VEJA TAMBÉM:  Mesmo sem camisinha, não há risco de transmitir HIV quando há tratamento, revela estudo com 70 mil casais