O reality britânico onde famosos competem pra ver quem dança melhor semana a semana, Strictly Come Dancing – que deu origem ao quadro Dança dos Famosos do Faustão no Brasil – está sendo criticado por ter “trolado” fãs LGBTs do programa com um beijo gay que quase aconteceu ao final de uma performance.

No último domingo, em um número de dança, tudo levou a crer que rolaria o primeiro beijo gay da história do programa entre os dois bailarinos profissionais Graziano Di Prima e Giovanni Bernice.

A dança mostrava os participantes Graziano Di Prima e Giovanni Bernice em uma disputa pra ganhar o amor do outro bailarino em cena, Luba Mushtuk. Quando os dois homems se aproximaram ameaçando um beijo, a bailarina tira Graziano de lá e o beijo simplesmente não acontece.


Assista também:


Assista ao momento abaixo:

Internautas não esconderam suas frustrações com o momento que tinha tudo pra ser finalizado com um beijo entre os rapazes.

“Todo esforço nesse número pra não ter beijo? CHATO!”, afirmou outro enquanto um disse: “Nos trolando novamente com essa história de beijo gay!”.

“Desapontado sobre o beijo gay. Adorei a dança mesmo assim e adoraria ver mais homens dançando juntos, especialmente neste estilo!”, disse um outro.

Ainda que um beijo gay não tenha acontecido no reality e o público que se desapontou com o momento, é notável o esforço em se incluir a pauta LGBT Algumas semanas atrás, pela primeira vez a BBC autorizou ir ao ar a primeira performance de um casal do mesmo gênero no programa.

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).