Em entrevista ao jornal Extra, o humorista Rodrigo Sant’anna falou sobre a infância e que por muito tempo teve medo de se assumir como gay.

“Cresci na casa da minha madrinha, no Morro dos Macacos, em Vila Isabel. Tinha dois quartos, e vivíamos eu, ela, o marido, o filho do casal com a mulher e duas crianças e mais uma prima minha. Éramos oito pessoas. Era um contexto social complicado. Foi muito difícil me identificar homossexual dentro desse ambiente extremamente machista”, relata.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

O ator é casado com o roteirista Junior Figueiredo desde fevereiro de 2019. Ele conta que foi o companheirismo do marido que deu forças para ele contar publicamente sobre a sua orientação sexual. “A segurança do Junior me fortaleceu para contar sobre a minha vida íntima. A primeira sensação que você tem enquanto gay é vergonha da sua orientação sexual. E isso eu não quero mais. Não dá para ter vergonha do amor”, comenta.