Para a astrologia, é no retorno de Saturno que descobrimos nossos limites e aprendemos a lidar com eles,  é um momento formador da plenitude adulta que ocorre entre os 27 e 30 anos e que marca o início de uma jornada de autoconhecimento. Contemplado pelo edital Retomada Cultural RJ da Lei Aldir Blanc, a websérieRetorno de Saturno”, roteirizada e dirigida por Igor Moreira, retrata esse momento com muita comédia e protagonismo LGBTQIA +.

O que move a narrativa é o constante questionamento “Que adulto vou me tornar?” ou mais importante: “Que adulto quero me tornar? A websérie estreou dia 1º de abril no Youtube e todas as quintas, às 18h,  tem novos episódios.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Na primeira temporada de “Retorno de Saturno”, intitulada “Ele é de Virgem”, que já está disponível no Youtube, acompanhamos Dante, um jovem gay, virginiano e neurótico que tem medo de perder o controle de sua vida e se vê em um momento em que parece que nada mais sai como planejado.

VEJA TAMBÉM:  Websérie IN TERNAS traz atriz interpretando 5 mulheres diferentes em meio à pandemia
Webserie Retorno de Saturno. (Foto: Divulgação)
Webserie Retorno de Saturno. (Foto: Divulgação)

A volta de sua melhor amiga Val, uma mulher negra e bissexual, ao Brasil vai abalar um pouco as estruturas dos seus planos, mas vai fazer com que ele perceba que algumas amizades, mesmo que tenham conflitos, podem sair melhor do que o planejado. Com a ajuda de suas amigas Val e Goreth e muito autoconhecimento, Dante vai aprender a “se controlar para ser menos controlador”.

Assista ao trailer abaixo:

Com um personagem  imaginativo e que tende a sempre fantasiar o pior cenário possível, “Retorno de Saturno” vai explorar situações cotidianas com um toque de surrealismo e deboche. A série também traz discussões sociais ligadas às minorias, principalmente à pessoas LGBTQIA +. É o retrato do millenial que, acreditando em signo ou não, tem dúvidas do que está fazendo com a sua vida. Uma geração que chegou aos 27 pensando “na minha idade minha mãe já estava grávida de mim e eu estou aqui lambendo a tampa do iogurte” .

VEJA TAMBÉM:  Websérie "Além" traz histórias inspiradoras e abre reflexões sobre temas urgentes; assista aqui

A websérie surgiu da necessidade de mostrarmos narrativas LGBTQIA+ de forma leve, despretensiosa e confortante, em que o ponto principal da vivência desses personagens não seja dor ou sofrimento. Os dois personagens principais dessa websérie, Dante e Val,  vivem seus dramas particulares, porém suas identidades não são definidas, ou apenas limitadas, a serem pessoas LGBTQIAI+.

A equipe de produção da série é composta  majoritariamente por pessoas LGBTQIA+ jovens, moradores de diferentes partes da cidade do Rio de Janeiro e Região Metropolitana,  que já abordam essa temática na maioria de seus projetos anteriores. O projeto abraça o movimento de narrativas feitas por e para pessoas LGBTQIA+ que precisam estar cada vez mais presentes no audiovisual, para que possam integrar de vez o imaginário popular.

A websérie é apresentada pelo Governo Federal, Governo do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, através da Lei Aldir Blanc. Os episódios estão disponíveis gratuitamente no canal do Youtube, todas às quintas, às 18 horas.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).