Cathy Yan, diretora de “Aves de Rapina”, expressou seu grande interesse em explorar a relação amorosa entre Arlequina e Hera Venenosa em uma possível sequência do longa.

A diretora revelou em entrevista ao The Wrap que já tem ideias para um possível “Aves de Rapina 2”, mesmo que este ainda não tenha sido oficializado. Yan expressou, especialmente, a vontade de mostrar a conexão Harley com Hera nos cinemas.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

“Adoraria ver a Hera Venenosa e certamente amaria ver o relacionamento entre ela e Arlequina. Acho que as pessoas ainda não estão prontas para se despedir de Arlequina e, você sabe, acredito que a Margot [Robbie] também não esteja preparada para deixar a personagem”, declara Yan.

Caso obtenha sinal verde para a produção, Yan teria material o suficiente para abordar a dinâmica da dupla pela primeira vez em live-action, já que a relação das duas é antiga para quem as acompanham pelos quadrinhos.

VEJA TAMBÉM:  Marvel vai apresentar novo casal gay nos quadrinhos dos Vingadores

Arlequina e Hera Venenosa possuem uma longa e complicada história no universo da DC, em que ambas se ajudaram em momentos difíceis, ao mesmo tempo que em não se davam muito bem em algumas situações. No começo, era apenas um casal que os fãs shippavam, até que veio a confirmação da própria DC Comics, com o lançamento de Harley Queen #15, em 2015. A editora publicou no twitter que as duas “tem um relacionamento sem os ciúmes monogâmico, algo que define as personagens muito bem”.

“Aves de Rapina” surpreendeu com críticas amplamente positivas, apesar de não ter alçado grandes vôos como era esperado nas bilheterias.O filme acabou com um faturamento mundial de US$ 201 milhões, contra um orçamento de US$ 85 milhões – sem contar a receita adicional gerada com seu lançamento antecipado nas plataformas digitais, devido a pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

VEJA TAMBÉM:  Em nova história do Batman, podemos ver Alfred como seu tio gay